Pequeno Universo Lembrado

Standard

garoto na água azul

Dentro de uma gota d’água

Em uma folha de papel desenhei uma gota d’água.
Virei o pequeno lar para esquerda e a deixei deitada.
Na ponta da gota pressionei o lápis e me representei.
Com uma simples reta esbocei todo trajeto cruzado.
Sem ar, enfraquecido, estagnado na não correnteza.
Era eu com o rosto virado para o universo molhado.
Pressionei o polegar e rasurei o ponto escurecido.
Deslizei para baixo a fim de alcançar a borda seca.
Lá permaneci deitado, olhos fechados, adormecido.

O que registro são simples histórias e meras sobras.
Lembranças uma vez ou outra contadas e passadas.
Contento-me com a memória branca e interditada.
E no fim, despeço e sou levado a despertar no susto.
Em ver a folha antes lisa, agora úmida e enrugada.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s