Àquele que se confundiu escultura

Standard

Lone Fisherman statue Julie Grace

"Lone Fisherman statue" de Julie Grace

Em tempo de pedra

Na beirada do lago emerge uma pedra.
Pedra truncada com fissuras e ranhuras.
Por cima desta, a forma de um homem
encurvado na mesma cor e textura.

Homem de alma turva e confundida.
Com nós na língua e nada na barriga.
Alonga as vértebras na luz da matina
para ser lagarto em paisagem vazia.

Na ponta do anzol o peixe perseguido.
Na testa o suor salgado ainda aflito.
Alma de pedra se quebra em agito
para ganhar vida em terreno criativo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s