Poema para o mundo que tanto observo e espero

Standard
misturados

Foto minha – Instagram

Misturados

Fiquei aqui do seu lado para nos sentir isolados.
Exilados num banco qualquer de uma praça ao canto.
Tantos anos precisos para chegar esta importância.
E em momentos como esses são grisalhos e gatilhos
para um mundo que reconheço e percebo emocionado.
Navegantes, somos únicos num tempo prolongado.
Vem cá e me dê mais um abraço acostumado.
Que tal curtir a vista, os ouvidos e o que suceder?
Misturados continuamos frutos da paisagem urbana.
Inalterados na civilização mundana e apaixonados.
Temos pouco e o que nos resta muito nos agrada.
A tristeza esquecida e o desejo de mais anos somados.