Para aqueles que já brincaram com poema acróstico

Standard
Meu amigaoZao

desenho "Meu amigãoZão"

Amigos dos dez segundos

U…m
Do…is
Três…

Um cruzou a porta do edifício que ficava lá daquele lado.
Dobrando o outro que desligava o telefone azulado. Engraçado.
Trabalhava o primeiro a três quadras em um pequeno projeto
que sem saber quadruplicava sonhos e vizinhava afeto.
Cansado das tardes desocupadas, o segundo procurou companhia.
Subiu a rua central na direção do ponto que ainda desconhecia.
Setembro se estendia e, do alto do prédio, um viu a rua pequenina.
Outros pontos se aglomeravam feito notas numa canção sem rima.
No meio delas, aquele que seria digno da união entre dois mundos.
Dez versos para compor esta história dos amigos dos dez segundos.

Anúncios