Poema para os vampiros de palavras

Standard
Vincent - Tim Burton

Frame do curta de animação “Vincent” de Tim Burton (1982)

Girl and papers - Maritxell Ribas

Ilustração de Maritxell Ribas

Quando me falham as ideias
(Vampiros de palavras)

Passei cola no verso de cada folha,
a fim de pregá-las aqui do meu lado.
No meu quarto existem intrusos.
Gatunos caçadores de ideias alheias.
Feito vampiros, eles curtem mordidas.
E nos furos, sugam o sabor criativo das veias.

São invisíveis esses morcegos danados.
E gostam de nos confundir.
Estão ali, quando você nada vê.
E estão aqui, quando me faltam as palavras.
Chegam silenciosos como brisas,
mas são furacões às mentes aladas.

Contudo agora tenho as folhas coladas.
Em cada uma, as letras ilustradas.
Pois também sei trabalhar com códigos.
E assim atrapalho a ação desses gulosos.
Tenebrosos, vão se embora e eu apaziguado.
Ao menos do final deste ponto até o início dos próximos.

Para aqueles que foram acordados pela inspiração

Standard
peter pan

Ilustração de Peter Pan

Aconchego

Hora boa para acordar e pedir chamego.
Deixar a cama bagunçada e voar em ideias.
Esticar os braços, as pernas, sentir o corpo.
Ser alma, afeto e tudo de bom aos poucos.

Hoje acordei para bagunçar a noção do outro.
Soltar a criatividade e moldar meus planos.
Antigos e novos, tempos frescos e recomeço.
Mais confiante sinto transpirar felicidade.

Abraço meu travesseiro, a casa que reconheço.
Esta casa solidária novamente um abrigo.
Aos amigos que acolheram recente projeto.
Inspiração! Essa motivação é meu aconchego.