Poema para mentes fantasiadas

Standard
"Leyendo metro", ilustração de Leah Piker

“Leyendo metro”, ilustração de Leah Piker

Habituada

Ela adormeceu logo após a primeira curva.
Condução lotada e barra feito travesseiro.
Já estava habituada à rotina de sacolejos.
E não mais sentia medo de ir por inteiro.

Sonhos travessos para metamorfosear.
Rostos estranhos em amigos do peito.
Ruídos grosseiros em cantos perfeitos.
Pisos degradados em nuvens de afofar.

Palavrões viram balões para estourar.
Fones no ouvido para corpo flutuar.
Um esbarro cria um passo inusitado.
E com outros, um ballet improvisado.

Inventividade para apagar tormentos.
E fé para seguir seu planejado intento.
Um sorriso capaz de mudar o momento.
E fazer da jornada diária, agradecimento.

Anúncios

Algumas palavras filtradas

Standard

Poema para descomplicar

Descomplicar-me
Ser simples e direto
feito uma corda reta.
Direta. Sem nós e quebras.
Talentoso e modesto.
Forte e seguro.
Tantas qualidades…
Quase perco o rumo.
Ser eu e nenhum outro.
O sábio e o aprendiz.
É tempo de filtrar o impulso,
de estar em equipe
e ser aquele que diz:
Obrigado.
Meu tempo é esse.
Bem educado,
faço essa minha escola, sem colas.
Descomplicado.
Depois de tanto sufoco,
hora de inspirar mais um pouco.
Que alívio!
Estou com algumas palavras filtradas.
Moderado, vou recomeçar assim.
Tão fácil e inacreditável que…
complicado mesmo, foi encontrar esse fim.

Para aqueles que foram acordados pela inspiração

Standard
peter pan

Ilustração de Peter Pan

Aconchego

Hora boa para acordar e pedir chamego.
Deixar a cama bagunçada e voar em ideias.
Esticar os braços, as pernas, sentir o corpo.
Ser alma, afeto e tudo de bom aos poucos.

Hoje acordei para bagunçar a noção do outro.
Soltar a criatividade e moldar meus planos.
Antigos e novos, tempos frescos e recomeço.
Mais confiante sinto transpirar felicidade.

Abraço meu travesseiro, a casa que reconheço.
Esta casa solidária novamente um abrigo.
Aos amigos que acolheram recente projeto.
Inspiração! Essa motivação é meu aconchego.