O retrato de quem pensou poesia

Standard
Retrato do céu cinza

Foto minha "Retrato do céu cinza"

Poema de trajeto

O céu recortado pelo nosso movimento
coloriu-se de cinza ao som daquela conversa.
Pequenas gotículas vieram enfeitar a janela
e chuviscado risquei distraído sem pressa.

Fiz um desenho da forma que te caracterizo.
Forma singela com linhas e muitas curvas.
Na curva, jogado para outro lado dessa esfera.
De ponta cabeça tem o mundo sua forma confusa.

Pois então que cresça a linha a moldar esta janela.
Com tantos outros fios a conduzir-nos energia.
Somos apaixonados perdidos em melancolia.
No concreto costurados e no intervalo poesia.

Poema daquilo que me sobra

Standard
Tran Nguye

Quadro de Tran Nguye

Resto

Odeio esses momentos de melancolia.
Percebo-me aflito e um tanto inseguro.
Parece faltar ar no centro do peito.
De sobra me rendo à tola estripulia.
Um chocolate, um café, um soco duro.

Uma folha branca à espera do nobre feito.
Escritas e rabiscos que depois detesto.
Choros e angústias que depois desprezo.
A felicidade do que sou e daquilo que rezo.
Do meu corpo, da minha boca, do meu resto.